Supremo Alfa 2 - Pride

Avalie este item
(0 votos)

Capa do livro: 'Supremo Alfa 2 - Pride'

 

Eu, minha mãe, meu tio Ian e a tia Sofia sempre nos mudamos. Novos colégios, novos países, novas línguas, novas pessoas. Somos uma família incomum.... Mas desde cedo aprendi que a nossa família é muito maior que nós quatro. Desde cedo, aprendi a ter orgulho daquilo que sou, daquilo no qual faço parte, nós somos a matilha e a matilha faz parte de cada um de nós. No início, minha mãe disse que estávamos fugindo da guerra que se alastrou por anos no mundo dos lobos. Depois, quando a guerra se acalmou, ela nos disse que deveríamos estar preparados para a guerra que viria, falava sobre uma visão que teve em uma lua azul, onde haviam lobos e bruxas mortos pelo chão. Dizia que nessa guerra, a balança do universo iria pender para um dos lados: bem ou mal. Se eu acredito em todas essas loucuras? Claro que sim! Sei que ela seria a primeira a voltar para casa se pudesse, se pudesse voltar para ele...

Bem... Vamos voltar ao presente, onde estou neste momento? Exatamente em frente ao meu pai- estou vendo-o de verdade pela primeira vez, longa história-, ele está boquiaberto e olhando de mim para minha mãe enquanto ela se afasta, não culpo o homem, eu também estou.

Vamos lá, quando ela disse, “Sarah, vamos para a casa de seu pai’’, pensei que o ‘vamos’ incluísse mais de uma pessoa, não é assim que se ensina na escola? Pois é, parece que minha mãe tem seu próprio modo de lidar com a norma gramatical. O problema é que meu pai não está sozinho, há um projeto de oferenda que não sai do seu pé- eu poderia tentar engoli-la, mas é claro que isso não vai acontecer. Sei que a minha mãe o ama, e por seu olhar idiota, isso é reciproco, então tem alguém sobrando por aqui-, e como se eu já não tivesse o bastante em minhas costas neste exato momento, ainda tem um cara que parece uma porta, de olhos coloridos, e que me odeia sem motivo aparente. Eu disse que a minha família era incomum?

Você ainda não viu nem a metade.

 

Outras obrasConfira outras histórias

  • Kira 1 - Mentiras

    Kira 1 - Mentiras

    A primeira coisa que pensei foi "estou morrendo"- acho que essa é a primeira coisa que qualquer um que realmente Leia mais
  • My song: Livro 1, Liz

    My song: Livro 1, Liz

    O que fazer quando todo o significado de sua vida simplesmente desaparece? Liz sempre amou a música e a dança, Leia mais
  • Danika 0.5 - Imortal

    Danika 0.5 - Imortal

    Nenhum de vocês sabe a real história dos imortais, eu sei, estive lá. Eles não são deuses, não são demônios, Leia mais
  • Acho que te amo

    Acho que te amo

    Catarina é uma mulher independente, segura de si, ama curtir a vida, e tem alergia a palavra namoro. Cat, como Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3